Exposições

« voltar

Quando Tudo Acaba

Exposição desta sexta-feiratraz o olhar poético e ácido de Francisco Santos.



Quando Tudo Acaba

A Galeria Portfolio recebe a exposição “Quando Tudo Acaba”, na noite de sexta-feira, dia 19, do fotógrafo Francisco Santos. Desta vez com um formato diferente, a mostra traz ao público um total de 10 backlights, tratados como dípticos pelo autor.Asfotos foram produzidas entre 2013 e 2014 na casa de Francisco, em Curitiba.

As obras registram o resgate de declarações de amor e demonstrações de carinho escritas em livros ou capas de discos garimpados em lojas de livros usados. As dedicatórias que testemunharam um sentimento pretensamente inabalável, hoje atestam o fim dos relacionamentos.

 O segundo instante, complemento do díptico, é reflexo de uma leitura pessoal, um exercício de imaginação e remete aos personagens mencionados nos escritos, concluindo ou complementando a saga dos relacionamentos a partir de um momento qualquer em um tempo indefinido da relação. “Os dípticos assumem o papel de recitante e contam a história a partir de seu fim, em substituição ao sujeito enamorado”, explica Francisco.

“Quando Tudo Acaba” ficará aberta ao público até 08 de outubro. Localizada na Rua Alberto Folloni, 634, Centro Cívico, A Galeria Portfolio abre de segunda a sexta-feira das 9h ao meio-dia e das 13h30 às 20h, e no sábado das 9h ao meio-dia. 

 

Francisco Santos

Fotografa desde o nascimento de sua filha, hoje com 19 anos. Os trabalhos autorais têm a carga de sentimento que este início representa. Gosta de fotografia de rua e crê que a foto sempre está aguardando, como um fruto a ser colhido. Os trabalhos documentais são originados em suas andanças, sejam nas redondezas de sua casa ou, às vezes, um pouco mais distante.